Disturbios Alimentares aumentam risco de morrer prematuramente

A doença da vaidade? Pense novamente. Embora esse estereótipo sobre distúrbios alimentares continue entre o público e até mesmo alguns profissionais de saúde mental, um novo estudo confirma que os distúrbios alimentares são sérios e letais. Os resultados foram apresentados a partir de um novo estudo, na Conferência da Associação Americana de Psiquiatria realizada na Filadélfia.

As taxas de mortalidade do estudo encaixam-se na “natureza grave dos transtornos alimentares”, diz Suokas. Suokas conduziu a sua pesquisa na Universidade de Helsínquia, na Finlândia.

O estudo envolveu 2329 mulheres e 113 homens tratados numa clínica de distúrbios alimentares entre 1995 e 2010. Os pesquisadores analisaram dados de mortalidade, que incluíam todas as causas de morte, incluindo suicídio.

O estudo mostrou que pacientes com um transtorno alimentar estavam em risco aumentado de morte prematura. O aumento do risco foi de 6 vezes maior para a anorexia, 3 vezes maior para bulimia e 1,78 vezes maior para o distúrbio de compulsão alimentar.

Anorexia é caracterizada por auto-inanição e recusa a manter o peso corporal a um nível mínimo aceitável. Bulimia e compulsão alimentar são caracterizados por episódios de compulsão alimentar incontrolável. Pessoas com bulimia tentam compensar os comportamentos vomitando e tomando laxantes.

O risco de morte em pacientes com anorexia foi o maior durante os primeiros anos após a admissão na clínica de distúrbios alimentares, e menor depois desses anos, enquanto na bulimia, o risco de mortalidade começa a aumentar cerca de 2 anos após a admissão no programa de tratamento.

Este estudo representa um importante lembrete de que os distúrbios alimentares são doenças mentais graves e que o tratamento é uma necessidade.

Pretendemos ajudar quem precisa!

A nossa missão é ajudar as pessoas cujas vidas são afectadas por distúrbios alimentares. Para isso neste site apresentamos informação de auto-ajuda, bem como formas de ajudar o seu proximo, quer seja seu filho ou amigo. Se você sabe que alguem está ou possa estar a passar por desordens alimentares não ignore, faça algo. Divulgue este site de forma a melhorar a vida das pessoas com problemas alimentares!

Acompanhe-nos nas redes sociais!

Twitter | Facebook
Copyright © Disturbios Alimentares.